Monte Velho

Agora na casa do Jorge fizemos um pequeno convescote em homenagem a saúde da tia Graciosa. Somos felizes por estarmos juntos… com a presença da mamãe Lux, motivo suficiente para bebericar uma taça deste alentejano, safra de 2008, blend de Trincadeira, Aragonês e Castelão, a 13,5%. Levemente amadeirado, perfumado com frutas, de cor rubra. Excelente vinho. Viva Jorge !! Viva tia Graciosa !! Viva Lux !!

25102009137.jpg

25102009135.jpg

Publicado pelo Wordmobi

Castillo de Molina – Reserva

Fomos à casa de Dona Jô que comemorava o aniversário do Marco, seu filho e vários entes queridos. Todos desta casa formam uma linda, harmoniosa acolhedora família. Bem… como nem tudo é perfeito… tambem estava presente o Rodrigo, o genro, fazendo todo tipo de sacanagem para enlouquecer a sogra… Hmmm Coincidência… parece comigo !!!
Dona Jô, não se preocupe com essa bobagem…todos nós amamos a senhora, inclusive o Rodrigo.
Voltando ao assunto do blog, fomos agraciados com um vinho chileno, Shiraz, safra de 2005, a 14%, da Região de Valle de Curicó, Cruce Molina, muito saboroso e perfumado, notadamente amadeirado. Viva Rodrigo !! Viva Marco !! Parabéns pelo seu aniversário.

24102009132.jpg

24102009133.jpg

Publicado pelo Wordmobi

Argento – Reserva

Mestre Roberto influindo novamente no panorama, sacou de sua adega esse vinho argentino de qualidade para nosso deleite. Nesse momento estávamos com a cozinha em andamento em ritmo de “vamos lá que falta pouco…”, então o mestre torce o dedão segurando um armário safado que tentava cair…
Bem, este argentino Cabernet Sauvignon Reserva (leva 14% de Merlot em sua composição), da região Junin, Mendoza, a 13,2% é um vinho de caráter muito grande. Gostei… Viva mestre Roberto e suas idéias !!!

24102009128.jpg

24102009129.jpg

Publicado pelo Wordmobi

Saint Lambert

Descompromissado. Para um vinho de baixo custo até que serve para cozinhar e bebericar sem grandes almejos… Vinho argentino, trazido pelo Carrefour, Cabernet e Sangiovese (sem indicativo de proporção), aliás se alguem tiver melhores informações, eu agradeço. Safra 2008 a 13,8% é um pouco ácido, mesmo assim… Bebível… Avanti !!

24102009125.jpg

24102009126.jpg

Publicado pelo Wordmobi

Nederburg twenty10

Excelente surpresa encontrar este vinho sul africano, edição comemorativa da copa mundial de futebol de 2010 (dizem que este é o vinho da copa). Meu fornecedor particular, o Claudio, recomendou veementemente este “série especial” enfatizando a qualidade da bebida e ele tem razão, pois este vinho mostrou-se progressivamente melhor depois da primeira taça (pena que durou pouco…). Este Cabernet Sauvignon, da região de W.O. Western Cape, a 14% merece destaque nesta modesta galeria. Vinho muito bom, digno de representar a copa.

17102009119.jpg

17102009120.jpg

17102009121.jpg

17102009124.jpg

Publicado pelo Wordmobi

Infinitus

Excelente blend de uvas Cabernet Sauvignon 35%, Malbec 35% e Merlot a 30%, da vinicola Domaine Vistalba na Patagonia, Rio Negro, Argentina, safra de 2003, a 14,5%. Bastante frutado, aveludado. Muito bom de beber e de custo benefício excelente. Vale a pena provar deste vinho.

11102009108.jpg

11102009109.jpg

Publicado pelo Wordmobi

Patrone Bruno e Hijos

A bodega Patrone Bruno e Hijos produziu 66.667 garrafas (esta de número 61,729), deste malbec2000 na região de Mendoza, Argentina, safra de 2000, a 13,1%. Vinho tratado quase artesanalmente, sem conservantes, pouco filtrado e sem passar pelo resfriamento durante sua produção. Achei muito suave para uma uva de caracteristicas tão fortes quantoa malbec… Mesmo assim é bom de provar.

11102009110.jpg

11102009111.jpg

Publicado pelo Wordmobi

35 Sur

Quem me conhece sabe que sou movido pela paixão… OK OK… Por vezes exagero um pouco… Mas a realidade é a seguinte: fiquei muito impressionado com este vinho. Todos nós sabemos da subjetividade na avaliação de um vinho, cada um tem suas preferencias, percebe as diferenças de sabores e odores ao seu jeito. Já ouvi tambem meu amigo Pambukian que diz o seguinte: compre um vinho que voce considera o melhor e leve-o para beber em Paris, na torre Eiffel… Apreciando a cidade e o Rio Sena… Então compre o mesmo vinho e beba em casa… Com certeza será diferente de odor e sabor. Será ?? Vou testar essa teoria assim que possível… em Paris…
Voltando ao assunto original esse vinho chileno de cor rubi intenso, Carmenère a 13,5%, da região de Cruce Molina – Valle Central é o vinho do meu momento (em Paris ou em casa…). Este eu pretendo repetir mais vezes.

07102009097.jpg

07102009098.jpg

Publicado pelo Wordmobi

Dal Pizzol

Este gaucho de Bento Gonçalves mostrou sua personalidade desde que sua rolha foi sacada… Meu guru Jorge foi muito feliz em escolher um vinho de uvas Ancellotta, safra de 2005, a13% que desde o principio se mostrou macio no odor e no paladar, bastante encorpado, com sabor frutado. Excelente para acompanhar o embalo da conversa e animação dos familiares presentes. Gostei muito… Salve Jorge !! Salve Dani !!

10102009106.jpg

10102009107.jpg

Publicado pelo Wordmobi

Marson

O Marson Reserva me surpreendeu muito pelo que eu chamei de odor de plástico. Muito alcoolico e ácido. Há alguns anos tive o privilégio de tomar um reserva da casa Marson e com certeza era uma bebida bem diferente desta. Bem… Vamos lá: este é um Cabernet Sauvignon da região de Cotiporã – RS, a 13,5%.

10102009104.jpg

10102009105.jpg

Publicado pelo Wordmobi

Luiz Argenta – Reserva

Este vinho de Flores da Cunha, Cabernet Sauvigon, safra 2004, a 13,1%, envelhecido por seis meses em barris de carvalho e produção controlada de apenas 16.000 garrafas. Perrfumado e marcante embora meu paladar acuse um tanto de acidez além do previsto para uma bebida com idade além dos cinco anos. O Jorge não concordou comigo, então passamos para o próximo…

09102009102.jpg

09102009103.jpg

Publicado pelo Wordmobi

Don Laurindo – Reserva

Alguns vinhos oriundos do Rio Grande do Sul merecem destaque pela apresentação, este reserva de 2005, Cabernet Sauvignon, a 13,2% vem da região de Garibaldi, frutado e perfumado de sabor agradavel. Meu guru particular, o Jorge, trouxe este vinho em sua última viagem ao RS e continua me ensinando a apreciar as uvas e seus derivados…

09102009099.jpg

09102009100.jpg

09102009101.jpg

Publicado pelo Wordmobi

Fortaleza do Seival

OK… OK… Mais uma garrafa guardada ? Hmmmm
Veja bem… Este é um Miolo de Bento Gonçalves (Campanha _Candiota – RS) – RS, Vale dos Vinhedos, de uvas Tannat, a 14%, safra 2006, que merece atenção pelo custo benefício e pelo esmero da Vinicola Miolo em produzir um rótulo moderno e de bom gosto…
Hora de fazer uma limpa nas garrafas…

07102009095.jpg

07102009096

Publicado pelo Wordmobi

LUIS FELIPE EDWARDS – PUPILLA

Pois é… Este vinho tem sido uma boa surpresa de custo benefício. Por um preço bem razoavel bebe-se um vinho consistente, bem perfumado. Chileno, da região de Valle Central, a 13%, Cabernet Sauvignon, safra 2008. Antes que alguem comece a me acusar de embriaguez diária deixo registrado que esta garrafa foi consumida há algumas semanas e ficou guardada para ser catalogada num momento oportuno… Hoje, por exemplo. Believe it or not.

07102009091.jpg

07102009092.jpg

Publicado pelo Wordmobi

VENTISQUERO – Reserva

Ainda na casa do Gran Mestre Ze Adolfo, experimentamos um reserva chileno da região de Punta de Cortés, Rancagua, uva Carmenère, da safra de 2007, a 14%, que parecia um verdadeiro deleite para nossos sentidos. Levo na memória o aroma e paladar aveludados e macios deste nobre vinho. Marcante. Como os aniversários devem ser. Hoje durmo como um anjo… Obrigado, Zé !!!

06102009088.jpg

06102009090.jpg

Publicado pelo Wordmobi